Segunda-feira, 23 de Fevereiro de 2009

Uma pastilha para apagar as más memórias

Neurologia. Bloqueando receptores de hormonas de 'stress' numa zona do cérebro, cientistas conseguiram interferir com o processo de reconsolidação de uma lembrança assustadora

Cientistas holandeses apagaram memória associada a um medo induzido em voluntários

Há memórias que perseguem algumas pessoas que viveram acontecimentos traumáticos. Por exemplo, um acidente de automóvel, ou uma situação de guerra. E, ao serem evocadas, estas memórias desencadeiam a vivência de medo e de ansiedade que lhes está associada. Uma equipa de cientistas da Universidade de Amsterdão, na Holanda, testou agora com sucesso, ao nível da memória, uma droga normalmente utilizada para controlar a tensão arterial. A equipa admite que no futuro ela possa servir apagar lembranças assustadoras.

O grupo liderado pela investigadora Merel Kindt utilizou um composto chamado propranolol que, aparentemente, bloqueou numa zona do cérebro, chamada amígdala, os receptores das hormonas de stress dos voluntários. Na experiência realizada, estas pessoas eram induzidas a terem medo de aranhas.

"Uma vez estabelecida, uma memória emocional parece ficar para sempre. Do ponto de vista da evolução é extremamente funcional nunca esquecer os acontecimentos mais importantes da vida", escrevem os autores no artigo publicado on line pela Nature Neuroscience.

O problema surge quando as pessoas são sujeitas a um stress extremo, em situações traumáticas, e as memórias se tornam fonte de medo. Até hoje, não há terapias eficazes para lidar com estes casos. "Os tratamentos mais bem sucedidos apenas eliminam as respostas de ansiedade, deixando as memórias assustadoras intactas", sublinha a equipa de Merel Kindt. Por isso, o sucesso da sua abordagem experimental é uma novidade e abre a porta para um futuro tratamento de determinadas perturbações, como o stress pós-traumático.

Quando as memórias emocionais se constituem são sujeitas a um processo de consolidação, que ocorre geralmente durante o sono. Quando reactivadas, elas sofrem no cérebro um processo de reconsolidação. No entanto, estudos recentes com ratos mostraram que afinal as memórias emocionais associadas a medo e ansiedade não eram necessariamente permanentes. Se nesta fase houver uma acção química bloqueadora do processo, a memória assustadora altera-se e a resposta de medo desaparece. A equipa de Merel Kindt concebeu uma experiência com voluntários para testar, pela primeira vez, esta hipóteses nos seres humanos e conseguiu demonstrar que as memórias traumáticas se apagam pelo efeito do propranolol precisamente quando são reactivadas, ou logo seguir.

in DN 17-02-2009


publicado por FQ às 14:40
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
26
27
28

29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Descoberto o sistema sola...

. Asteróide pode colidir co...

. Cientistas holandeses cri...

. Satélite Planck envia pri...

. Caminho da espécie humana...

. A Lua e o seu fascínio

. Finalmente, é Primavera n...

. Carregar o telemóvel com ...

. Pelos caminhos da energia...

. Discovery foi lançado

. Goce já está no Espaço

. Ano 2065: um mundo sem ca...

. Maior acelerador de partí...

. Fonte de energia descober...

. Caneta digital converte e...

. 1816, o ano em que não ho...

. Espaço: Um grande olho no...

. Capacete virtual está a c...

. Um PC dentro do seu tecla...

. Novo computador de bordo ...

. Rádios piratas podem colo...

. Futuro da literatura pass...

. Telescópio detecta maior ...

. Asteróide passa perto da ...

. Um cérebro com 300 milhõe...

. Marte: novas evidências d...

. Satélite choca com a Lua

. NASA em busca de vida ext...

. Água terá corrido à super...

. Portugal de olhos postos ...

. NASA volta ao espaço

. Cientista cria automóvel ...

. Milhares de cometas escur...

. Astronomia: «E agora eu s...

. Asteróide pode chocar com...

. Lua nasceu 62 milhões de ...

. NASA: há líquido num lago...

. Nebulosa Helix

. Imagens da Galáxia NGC 15...

. Estrelas em formação

. Imagens retiradas pelo Hu...

. Hubble encontra «monstro ...

. Chuva de detritos espacia...

. Veja o «Olho de Deus»

. NASA escolheu lua Europa ...

. Satélite caiu pelo nariz

. Electricidade sem fios: p...

. Controlar o computador co...

. Uma pastilha para apagar ...

. Origem multicelular de al...

.arquivos

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

.tags

. todas as tags

.links

.participar

. participe neste blog

SAPO Blogs

.subscrever feeds