Segunda-feira, 16 de Fevereiro de 2009

Vento solar terá 'roubado' água a Vénus

Astronomia. A medição concreta da perda de núcleos de hidrogénio na atmosfera de Vénus contribui agora para a criação de um modelo teórico que explique a perda da água que se julga ter existido, em abundância, no segundo planeta do sistema solar

Hipótese sugerida pela equipa do Venus Express

A equipa de cientistas ligada ao projecto Venus Express da ESA (Agência Espacial Europeia), detectou sinais de perda de massa atmosférica no planeta Vénus. Esta descoberta, que se junta a uma outra, já com alguns meses, que apontara a face "nocturna" do planeta como zona na qual estas perdas seriam prováveis, contribuirá para a construção de um modelo que explique como o planeta possa ter perdido a água que em tempos se crê que ali tenha existido.

Um instrumento a bordo da sonda, que se encontra na órbita de Vénus, mediu sinais concretos de perda de hidrogénio. Um comunicado da ESA explica que a órbita da Venus Express está esrategicamente colocada para acompanhar este processo. Madga Delva, que chefia a equipa de investigadores, reconhece que há muito se julgava que o que agora se mediu acontecesse na atmosfera de Vénus. Só agora, contudo, há prova científica de que o modelo corresponde à realidade, tendo a ESA divulgado perdas de núcleos de hidrogénio (elemento constituinte das moléculas de água) na ordem dos 2 x 1024 por segundo.

Esta medição, que revela muito sobre a relação da atmosfera do planeta com o vento solar, permite agora uma reflexão mais aprofundada sobre o destino da água que se julga ter existido, em abundância, em Vénus. Essa hipótese é justificada pelo facto de Vénus ter dimensões muito parecidas com as da Terra, e por terem sido formados ao mesmo tempo. A história, bem diferente, dos dois planetas, explica as diferenças que hoje apresentam, mostrando Vénus uma quantidade total de água 100 mil vezes inferior à da Terra.

O Sol emite constantemente para o espaço uma corrente de partículas electricamente carregadas. Este "vento solar" corre o sistema solar, "soprando" sobre cada planeta que encontra pelo caminho. Vénus, ao contrário da Terra, não tem um campo magnético suficientemente forte para deflectir este "vento", pelo que as partículas emitidas pelo Sol, ao passar pelo planeta, arrastam consigo material da atmosfera para o espaço.

As observações agora feitas permitem concluir que há perda de hidrogénio para o espaço. A grande questão por responder, para já, relaciona-se sobretudo com a certeza de que há água nestas perdas, para tal sendo necessário detectar átomos de oxigénio entre o material "varrido" pelo vento solar. Só depois se poderá inferir sobre qual a ordem de valores da quantidade de água que, ao longo de milhões de anos, através deste modelo, terá sido eventualmente perdida por Vénus.

in: DN


publicado por FQ às 11:28
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
26
27
28

29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Descoberto o sistema sola...

. Asteróide pode colidir co...

. Cientistas holandeses cri...

. Satélite Planck envia pri...

. Caminho da espécie humana...

. A Lua e o seu fascínio

. Finalmente, é Primavera n...

. Carregar o telemóvel com ...

. Pelos caminhos da energia...

. Discovery foi lançado

. Goce já está no Espaço

. Ano 2065: um mundo sem ca...

. Maior acelerador de partí...

. Fonte de energia descober...

. Caneta digital converte e...

. 1816, o ano em que não ho...

. Espaço: Um grande olho no...

. Capacete virtual está a c...

. Um PC dentro do seu tecla...

. Novo computador de bordo ...

. Rádios piratas podem colo...

. Futuro da literatura pass...

. Telescópio detecta maior ...

. Asteróide passa perto da ...

. Um cérebro com 300 milhõe...

. Marte: novas evidências d...

. Satélite choca com a Lua

. NASA em busca de vida ext...

. Água terá corrido à super...

. Portugal de olhos postos ...

. NASA volta ao espaço

. Cientista cria automóvel ...

. Milhares de cometas escur...

. Astronomia: «E agora eu s...

. Asteróide pode chocar com...

. Lua nasceu 62 milhões de ...

. NASA: há líquido num lago...

. Nebulosa Helix

. Imagens da Galáxia NGC 15...

. Estrelas em formação

. Imagens retiradas pelo Hu...

. Hubble encontra «monstro ...

. Chuva de detritos espacia...

. Veja o «Olho de Deus»

. NASA escolheu lua Europa ...

. Satélite caiu pelo nariz

. Electricidade sem fios: p...

. Controlar o computador co...

. Uma pastilha para apagar ...

. Origem multicelular de al...

.arquivos

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

.tags

. todas as tags

.links

.participar

. participe neste blog

SAPO Blogs

.subscrever feeds