Sexta-feira, 17 de Abril de 2009

A Lua e o seu fascínio

 

Esta semana traiçoeira trouxe de volta o frio e a chuva. A agradável caminhada em mangas de camisa terá de esperar. Por entre as nuvens, alguns conseguirão espreitar a Lua, quase cheia, que preenche com a sua luminosidade os nossos céus. Para os amantes da astronomia isso significa piores noites de observação, pois a Lua, com o seu brilho, impede a observação de objectos menos brilhantes que estejam na sua vizinhança. Para as crianças, uma proposta diferente: procurar na Lua objectos imaginários - um coelho, um homem, um gelado.

Para os artistas, são noites perfeitas: o reflexo na água do mar, a enorme forma com que a Lua parece surgir no horizonte. Uma ilusão, é claro, uma partida que nos prega o nosso cérebro que nos faz pensar que o tamanho da Lua realmente se altera. A composição desta imagem mostra claramente quão enganado está:

 

Para os amantes, a promessa de momentos românticos. Até mesmo a presença de alguma nebulosidade não impede momentos inesquecíveis. A existência de cristais de gelo na alta atmosfera pode brindar-nos com um belo halo à volta da Lua.

 

Para os humanos, é também a garantia da nossa existência neste planeta. É que o nosso satélite natural, cuja formação ainda é um mistério, garante a estabilidade do eixo do nosso planeta. Se a Lua não existisse, provavelmente a vida na Terra não se teria ainda desenvolvido ou, se tivesse, não seria certamente um membro da raça humana a escrever essa peça, se já houvesse escrita.

 

in: notícias sapo


publicado por FQ às 16:53
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
26
27
28

29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Descoberto o sistema sola...

. Asteróide pode colidir co...

. Cientistas holandeses cri...

. Satélite Planck envia pri...

. Caminho da espécie humana...

. A Lua e o seu fascínio

. Finalmente, é Primavera n...

. Carregar o telemóvel com ...

. Pelos caminhos da energia...

. Discovery foi lançado

. Goce já está no Espaço

. Ano 2065: um mundo sem ca...

. Maior acelerador de partí...

. Fonte de energia descober...

. Caneta digital converte e...

. 1816, o ano em que não ho...

. Espaço: Um grande olho no...

. Capacete virtual está a c...

. Um PC dentro do seu tecla...

. Novo computador de bordo ...

. Rádios piratas podem colo...

. Futuro da literatura pass...

. Telescópio detecta maior ...

. Asteróide passa perto da ...

. Um cérebro com 300 milhõe...

. Marte: novas evidências d...

. Satélite choca com a Lua

. NASA em busca de vida ext...

. Água terá corrido à super...

. Portugal de olhos postos ...

. NASA volta ao espaço

. Cientista cria automóvel ...

. Milhares de cometas escur...

. Astronomia: «E agora eu s...

. Asteróide pode chocar com...

. Lua nasceu 62 milhões de ...

. NASA: há líquido num lago...

. Nebulosa Helix

. Imagens da Galáxia NGC 15...

. Estrelas em formação

. Imagens retiradas pelo Hu...

. Hubble encontra «monstro ...

. Chuva de detritos espacia...

. Veja o «Olho de Deus»

. NASA escolheu lua Europa ...

. Satélite caiu pelo nariz

. Electricidade sem fios: p...

. Controlar o computador co...

. Uma pastilha para apagar ...

. Origem multicelular de al...

.arquivos

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

.tags

. todas as tags

.links

.participar

. participe neste blog

SAPO Blogs

.subscrever feeds